fbpx

Dia 25 - Sabedoria

Sabedoria é conhecimento do perigo, mas sem nenhum medo. É a capacidade de localizar uma curva a distância, uma passagem estreita, a possibilidade de uma colisão; é parar e esperar em paz até que algo passe. Falta de sabedoria é continuar na esperança de que tudo dê certo.

Sabedoria também é riqueza e não desconfiança nem reserva. A riqueza da experiência acumulada dentro de você. A experiência não apenas do passado, mas também do futuro, por saber tranquilamente o que virá. É como usar os juros para viver com facilidade e evitar imprevistos, mas deixar o capital seguro internamente para usar quando abrir uma “cratera” em sua vida.

Ainda que exista riqueza, a sabedoria não a exibe, conhece economia e sabe que ninguém precisa de julgamento, mas de seu amor pela vida, de cordialidade e de percepção. A sabedoria apenas vê a necessidade e fornece o que é necessário, adapta-se e permanece única. Tranquilamente.

Dessa maneira, sabedoria não é tanto qualidade criativa, mas a qualidade de alimentar o que está feito, o que já existe. Usar o que você tem até a última gota, tirar sangue de pedra, por que cada gota é valiosa. É perceber a monotonia da vida e torna-la bela, como a criança que vibra de entusiasmo com um botão que o adulto joga fora porque não faz parte de um conjunto.

Então, sabedoria é extrair o melhor de si, trabalhar no sentido vertical e não horizontal, sem estender a mão para obter mais nem aceitar coisas demais. É nunca dizer que vai fazer uma coisa, apenas fazê-la. É não se entusiasmar demais, mas sorrir e concentrar-se na tarefa.

É reconhecer que todo gesto de doação é correto e todo gesto de aceitação é um convite à influência. Porque mesmo aceitando o que mais se quer, pode haver lama grudada naquilo: a lama de “isso é meu”. Peso. Dando e ao mesmo tempo recolhendo-se, você recupera a leveza. E sente que está certo.

É isto que a sabedoria faz: reconhece a corretibilidade da vida. Expulsa o protesto e a demonstração, jamais a força. É toda uma vida de vitórias silenciosas e derrotas sorridentes.

A fonte é o livro Beleza Interior, o livro das virtudes, da autora Anthea Church, editora Brahma Kumaris e edição eletrônica de 2013. Livro na amazon: http://a.co/fW3VFYA

33 sinônimos para 3 sentidos da palavra sabedoria:

  1. Conjunto de conhecimentos: conhecimento, saber, sapiência, ciência, cultura, erudição, ilustração, instrução, luzes, estudo, inteligência, entendimento, compreensão.
  2. Prudência e reflexão: prudência, reflexão, comedimento, moderação, sensatez, ponderação, temperança, bom senso, circunspecção, juízo, razão, critério, retidão.
  3. Esperteza e artimanha: esperteza, artimanha, manha, astúcia, ardileza, sagacidade, malícia.

Como praticar sabedoria no dia-a-dia? Talvez, praticar as virtudes diárias que estudamos nos últimos dias seja uma forma, ou o conjunto de algumas, ou todas elas, etc., mas ainda parece muito subjetivo pois, como avaliar se estamos praticando ou não uma virtude, considerando o quanto praticamos de outra? Quanto de desapego é necessário para se considerar sábio? Não seria muita arrogância se achar sábio? Porém, considerando o propósito divino que todos temos de um dia chegarmos ao ponto de perfeição, um dia, mas ainda não hoje, entre o ponto inicial, sabe-se lá quando foi, e o ponto hipotético dessa perfeição, também sabe-se lá quando será, já caminhamos alguma coisa, já temos uma noção básica que seja, de como a vida caminha, e de que certas coisas funcionam com a gente e outras não, e que algumas destas coisas servem para as outras pessoas e outras não. Enfim, pode até ser que não sejamos sábios, mas já há alguma sabedoria conquistada.

Considerando o texto da Anthea, e essas perguntas, proponho no dia de hoje que você pense sobre isso, sobre quanta sabedoria você já desenvolveu, que você reconheça isso, mas sem fazer disso objeto de orgulho ou para vangloriar-se, mas para usar isso, praticar mais esses conhecimentos, para doar-se ao próximo, ao universo, sabendo suas capacidades e ao mesmo tempo sabendo como usa-las.

Ao final do dia, antes de dormir, reveja os eventos ocorridos, veja se você praticou de alguma forma a sabedoria, se soube reconhecer suas capacidades e se soube utiliza-las, e dê a si uma nota de 1 a 5, sendo 1 “tentei” e 5 “fui muito bem”. E para as pessoas que você conectou hoje, agradeça-as, doe amor e carinho mentalmente. Que você tenha um ótimo dia e realize muito bem esse exercício.

Planilha de auto-avaliação

Download da planilha

Antes de fazer o download...

Continuar... ×

A centelha divina que habita em mim agradece a centelha divina que habita em você.

🙏🏽🙏🏽🙏🏽🙏🏽

Entre em contato