fbpx

Dia 3 - Contentamento

Contentamento é um rio subterrâneo cujo curso não pode ser interrompido. Na superfície, as pessoas pisam, empurram, puxam e arrastam; o solo seca, racha, mas por baixo, o rio continua fluindo. Mesmo que alguns pontos seja um fio de água correndo na escuridão.

A água da superfície corre o risco de poluir e secar, pode ser usada, bebida, extraída. A água subterrânea é impenetrável. O mesmo se dá com o contentamento. É um movimento constante, invisível, sempre para frente. Não é indiferente aos desafios, mas se a paisagem da mente, a superfície da vida, for tumultuada, o rio reage, desvia, vaza e inunda, mas permanece invisível. E nunca seca.

É preciso ter um entendimento profundo para estar contente – é preciso conhecer, prever os movimentos da mente e sentir a atração do destino que está além de tudo. O contentamento é estudar a vida, não a mera aceitação dela. As pessoas dizem: “Não pense tanto”. Mas o contentamento exige que se pense profundamente, se observe com atenção, se reaja com calma movendo-se no tempo certo. Mais que tudo, a água precisa da força da correnteza para atravessar as curvas, as entradas e os altos e baixos do inconsciente. Se não há correnteza, pode haver inteligência, mas haverá sempre depressão e a sensação de que você pode estagnar.

A corrente é a força espiritual.

Fonte: Livro Beleza Interior – O Livro das Virtudes, autora Anthea Church, editora Brahma Kumaris, versão eletrônica de 2013. Livro na amazon: http://a.co/fW3VFYA  

Há 20 sinônimos para 1 sentido da palavra contentamento:

  1. Estado de quem está contente: prazer, bem-estar, euforia, alegria, alacridade, agrado, aprazimento, bom humor, contento, deleite, desfastio, entusiasmo, felicidade, gosto, jovialidade, jubilidade, júbilo, ledice, regozijo, satisfação.

Tem certas virtudes que exigem um pouco mais de reflexão antes que possamos exercê-las, o contentamento é uma delas pra mim, há certas coisas no dia-a-dia que parecem “tomar” nossa capacidade de nos manter em contentamento, mas é disso que se trata o desafio, apesar de coisas externas contrárias, manter um pensamento de contentamento, pois o contentamento é de dentro para fora, e por mais pesado e desafiador que esteja o ambiente e as pessoas nosso redor, buscar exercer uma atitude de alegria, de propagar a luz interna de cada um de nós. Mas como fazer isso? Uma das reflexões que podemos fazer para auxiliar este processo, é lembrar que somos uma centelha divina, somos a própria luz, em um processo de caminhada para propagar essa luz, o contentamento interior, quando propagado é uma forma de espalhar a luz. É uma forma de fluir o rio interno do contentamento. Estar em constante atuação como agente de propagação de energias, de pensamentos, de sentimentos, de palavras, de atos positivos, é uma forma de exercer o contentamento. Então, no dia de hoje, a cada instante, a cada conversa, a cada ato do seu dia, enxergue como uma oportunidade, uma experiência que você pode ativamente propagar o contentamento com Deus, com o Universo, com o todo, a experiência de cada instante é única, não se repetirá, isso por si só é uma alegria que deve ser sentida, vivenciada. Ao final do dia, e somente ao final do dia, antes de dormir, faça uma avaliação sobre seus atos e palavras e pensamentos ao longo do dia, se você fez, falou ou pensou algo inadequado, provocou uma tristeza ou conflito com outra pessoa, ou mesmo com você, se você julgou algo ou alguém de forma inadequada, etc. Mas lembre-se também dos atos e palavras de contentamento que exerceu durante o dia, se você fez o exercício conscientemente verá que houveram muito mais situações positivas. Então, depois dessa reflexão, faça uma oração, da forma que mais lhe agradar, se perdoe dos equívocos, desculpe-se mentalmente com aqueles que foram gatilhos das situações que você não conseguiu expor o seu contentamento interior, peça perdão a eles, abrace-os mentalmente, doe amor para cada um deles, agradeça-os pela oportunidade que eles lhe ofereceram neste dia, pois estamos todos na mesma experiência, apenas em busca de aprendizados diferentes, e é graças as experiências com o outro é que podemos enxergar as nossas oportunidades de melhora, sejamos gratos.
Guarde, em um diário ou agenda, anotações sobre esse dia, dê a si uma nota de 1 a 5 sobre o exercício, sendo 1 para “tentei” e 5 para “fui muito bem”. No próximo dia 3, faça esse exercício novamente, e se você se deu uma nota, pode analisar, ao longo dos meses, como foi a sua conduta com essa virtude.

Planilha de auto-avaliação

Download da planilha

Antes de fazer o download...

Continuar... ×

A centelha divina que habita em mim agradece a centelha divina que habita em você.

🙏🏽🙏🏽🙏🏽🙏🏽

Entre em contato