fbpx

Dia 24 - Respeito

Respeito é nunca pegar alguém de surpresa, nunca apontar suas fraquezas e torna-lo alvo de riso. Significa observar e criar força e é baseado na percepção de que todos tem valor, porque são únicos. O respeito também se apoia sobre a humildade, pois a humildade sabe que o que é visível no tolo é um mero capítulo de toda a sua história.

Então respeito é manter-se equidistante entre força e fraqueza. Não é atrair atenção diretamente para a força, mas enfatiza-la suavemente atribuindo-lhe uma tarefa. Não é dizer para uma criança que ela é ótima pintora, mas dar-lhe papel e pincéis; não dizer: você é um pintor sem futuro, mas apenas dar-lhe papel e em vez de pincéis, canetas. Nunca ignorar a fraqueza, pois isso é desrespeito, apenas oferecer um enfoque diferente.

Onde há respeito verdadeiro, há o entendimento de que as habilidades estão sempre mudando e que às vezes, o que se vê é só uma questão de onde a luz está incidindo. Isso não quer dizer que há um vazio onde o sol não está brilhando; apenas existe algo abrigado na sombra. Não se sabe o que está ali, por isso é melhor não destruir ninguém ao categorizá-lo.

O respeito é refrescante porque valoriza o espaço e sabe que, embora o amor traga o equilíbrio, todos precisam de tempo, de uma pausa, ter a chance de respirar calmamente sozinho. O respeito impede que alguém se aproxime rápido demais e permite que o outro cresça no próprio ritmo. O respeito nunca instiga, apenas golpeia onde há força para resistir.

Respeitar as coisas é tão proveitoso quanto respeitar as pessoas. Respeitar coisas tem origem no respeito ao próprio corpo, com suas forças e fraquezas. Abordar tudo com igual equilíbrio – nem vender a beleza e nem ridicularizar a feiura, nem fazer propaganda da saúde nem se entregar à dor. O caminho do meio é como parar no vão da porta sem encostar-se aos batentes e de onde você pode sair facilmente.

Onde houver desconsideração, haverá mágoa. As repercussões serão enormes. Se a pessoa for ofendida, o retorno será frequentemente obscuro e perigoso, de difícil identificação, porque você não consegue apenas dizer “Você me feriu”. É difícil ser direto, então alguém que por acaso esteja passando por perto de repente é atingido no lugar do outro, e uma cadeia inteira inicia-se. O que foi mal utilizado, foi desrespeitado, causará problemas. Vai se romper, criar confusão, atrasar você. Seja como for, o desrespeito tira a liberdade e bloqueia o caminho.

Onde há respeito, há um avanço em linha reta até o ponto de tranquilidade e ao olhar para trás, só se vê luz. Também nada fica escondido nas sombras, criando atalho. Portanto não há o despertar súbito de sentimentos antigos. Você caminhou com estabilidade pela vida, observando os altos e baixos com dignidade. O resultado é que o respeito que você deu volta para você, há um retorno.

A fonte é o livro Beleza Interior, o livro das virtudes, da autora Anthea Church, editora Brahma Kumaris e edição eletrônica de 2013. Livro na amazon: http://a.co/fW3VFYA

38 sinônimos para 6 sentidos da palavra respeito:

  1. Acatamento: acatamento, aceitação, atendimento, cumprimento, obediência, observação, submissão, subordinação.
  2. Apreço: afeição, apreço, atenção, consideração, cortesia, deferência, estima, gentileza, reverência, veneração.
  3. Receio: amedrontamento, apreensão, medo, receio, temor, terror.
  4. Referência: relação, referência.
  5. Ponto de vista: aspecto, perspectiva, ângulo, lado, modo, motivo, ponto de vista, prisma.
  6. Respeitos: cumprimentos, homenagens, recomendações, saudações.

No texto de hoje, há uma sugestão particularmente desafiadora, que é a de respeitar o lado sombra, as deficiências, ou inferioridades das outras pessoas, movendo o nosso foco para superioridades, ou valorizando aspectos positivos identificados por nós na outra pessoa. Mas há ainda a auto verificação para cada um se perguntar e buscar uma resposta: por que a característica de outra pessoa me incomoda? Uma boa possibilidade é que estejamos criando expectativas sobre o comportamento da outra pessoa, longe de desmerecer os motivos de cada um sobre essas expectativas, mas há aí um exercício também desafiador que é de não criar expectativas sobre as outras pessoas, nenhuma expectativa. Mas por que não criar expectativas, não é para isso que nos relacionamos? Para ter nossas expectativas preenchidas pelas pessoas? Isso vem de outro raciocínio, igualmente desafiador, e que cabe também nossa dedicação em mudar, pois ninguém está no mundo para preencher as expectativas de ninguém, muito pelo contrário, estamos no mundo para nós mesmos nos completarmos, através do aprimoramento de nossas inferioridades, ainda pouco ou nada trabalhadas, e reforçando nossas superioridades, ou virtudes como prefiro chamar. Então para que nos relacionar com as outras pessoas? Simples: somos instrumentos do universo, uns para os outros, para, através das relações fazermos a observação dessas nossas características a serem trabalhadas ou reforçadas.

Então, o desafio de hoje é triplo: mudar nossa visão, ou raciocínios, sobre as pessoas que nos relacionamos, transformar expectativas sobre as pessoas em metas mudanças internas (como dizem os espiritualistas do oriente, aquilo que não gosto em ti corrijo em mim) e ao mesmo tempo desenvolver o respeito ao caracteres das outras pessoas, que estão passando pelo mesmo desafio que você, mas com uma caminhada inteiramente delas.

Ao final do dia, antes de dormir, reveja os eventos ocorridos, veja se você desenvolveu o respeito pelas pessoas que se relacionar hoje, se desconstruiu as expectativas e fortaleceu suas próprias virtudes, e dê a si uma nota de 1 a 5, sendo 1 “tentei” e 5 “fui muito bem”. E para as pessoas que você conectou hoje, agradeça-as, doe amor e carinho mentalmente. Que você tenha um ótimo dia e realize muito bem esse exercício.

Planilha de auto-avaliação

Download da planilha

Antes de fazer o download...

Continuar... ×

A centelha divina que habita em mim agradece a centelha divina que habita em você.

🙏🏽🙏🏽🙏🏽🙏🏽

Entre em contato