fbpx

Dia 11 - Flexibilidade

Flexibilidade é uma bela criança cujos ossos e o corpo ainda não acumulou os efeitos das tensões. Pelo contrário, ela é leve, rápida, alegre. Flexibilidade no adulto não é ter o corpo elástico, mas sutileza de pensamento e vigilância constante para não acumular ou reter a dor. É a dor que causa bloqueios, impede a reação espontânea, destrói a felicidade. É raro encontrar um adulto que seja flexível, que não seja um “hábito ambulante”, que reaja vigorosamente sem condicionalmente sem condicionamentos ou medos. Como isso é possível?

Um dos segredos é a renovação. Se há um fluxo constante de sentimentos novos, isso é como uma chuva lavando restos e fragmentos de reações não expressadas que se permanecerem, acumulam-se formando medos e preconceitos. Para reabastecer-se de sentimentos novos não é

Novamente, a fonte é o Livro Beleza Interior, o livro das virtudes, autora Anthea Church, editora Brahma Kumaris, edição eletrônica de 2013. Livro na amazon: http://a.co/fW3VFYA

18 sinônimos para 2 sentidos da palavra flexibilidade:

  1. Qualidade do que é flexível, maleável, ágil: agilidade, maleabilidade, elasticidade, ligeireza, plasticidade, versatilidade, destreza.
  2. Qualidade de quem é compreensivo: tolerância, transigência, condescendência, brandura, complacência, compreensão, contemporização, docilidade, indulgência, obediência, submissão.

Sutileza de pensamento para não acumular ou reter a dor e a dor que causa bloqueios e destrói a felicidade, como lidar com a dor? A virtude de hoje fala sobre isso, a dor nos causa rigidez, e a dor que transforma a criança flexível em adulto rígido. O desafio encarnatório é justamente experimentar a dor, já que ainda é impossível passar pela experiência encarnatória neste planeta, sem sentir dores, mesmo que sejam alheias, e mesmo experimentando não deixar que isso nos afete ao ponto que nos tornemos rígidos. Mas e agora? Você talvez já esteja adulto, talvez já esteja rígido, como voltar a ser flexível, o bambu, planta símbolo do reiki e da resiliência, pode também nos inspirar nisso, o bambu quando influenciado pelo vento chega ao chão e volta a ficar em pé com a mesma naturalidade que se deitou, muitas vezes nossa velocidade para entrar na dor é rápida, mas para sair usamos de lentidão, e até mesmo nos agarramos a dor para viver, será que precisamos disso, outro elemento que podemos nos inspirar e na agua, ela não questiona os obstáculos pelo caminho, ela apenas dá a volta e segue o fluxo! E se limpa com facilidade das impurezas que lhe jogam, desde que se mantenha em movimento em busca do mar para se desaguar.

Então, no dia de hoje, vamos nos dedicar a deixar que as dores saiam como se fossem as sujeiras que a agua leva no banho, quando algo, alguém, algum evento do dia, trouxer dor, deixe que essa dor passe, vamos exercitar a flexibilidade para que a dor passe com a mesma flexibilidade que veio. E ao final do dia, reveja estes momentos, desculpe-se mentalmente pelos momentos em que você se enrijeceu com a dor, perdoe-se e aos outros pelas situações de rigidez que vocês se proporcionaram e faça um abraço amoroso, caloroso e doce mentalmente com essas pessoas, e agradeça a todos pelo dia. Quem estiver fazendo a avaliação pela planilha, dê a si uma nota de 1 a 5, sendo 1 “tentei” e 5 “fui muito bem”. Que você tenha um ótimo dia e realize muito bem esse exercício.

Planilha de auto-avaliação

Download da planilha

Antes de fazer o download...

Continuar... ×

A centelha divina que habita em mim agradece a centelha divina que habita em você.

🙏🏽🙏🏽🙏🏽🙏🏽

Entre em contato